Povo apressado, sô!

by

A Telemar Norte Leste S/A (Oi Fixo) está sendo acusada de omissão num caso de racismo envolvendo a sua unidade em Varginha, Sul de Minas.

É que a empresa levou um ano para responder ao Ministério Público Federal. E respondeu que não tinha como identificar o autor do Orkut “Poder Nazista”, criado nos computadores dela em Varginha, porque já tinha decorrido… um ano!

A Procuradoria da República em Minas ajuizou ação civil pública contra a Oi Fixo, reivindicando pagamento de indenização no valor de R$ 50 milhões por danos morais coletivos.


%d blogueiros gostam disto: