Prefeito faz ameaça de morte a vereadores

by

O prefeito Edmir Geraldo ‘Mico’ Silva (PR), de Minduri, no Sul de Minas e seu procurador jurídico agrediram e ameaçaram cinco vereadores durante uma sessão regimental da Câmara Municipal. Esta semana, uma representação da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa/MG, de Belo Horizonte, reuniu-se com o Legislativo local e tomou providências urgentes.

Os deputados encaminharam os registros da reunião à Polícia Civil e à Promotoria de Cruzília, e ao Centro Operacional de Crimes de Agentes Públicos, para instrução ao Ministério Público. A comissão também solicitou ao Tribunal de Contas de Minas Gerais uma auditoria geral na prefeitura de Minduri e no fundo de previdência local.

O Judiciário foi comunicado da gravidade do caso e da necessidade de uma intervenção municipal, e o juiz da comarca interpelará o procurador do município, Sérgio Hannas Salim, sobre as agressões que cometeu na sessão plenária. Os deputados encaminharam uma pedido de apuração também à Comissão de Ética da OAB-MG, que poderá cassar a sua carteira de advogado. A Polícia Militar de São Lourenço continua dando garantias ao trabalho dos vereadores de Minduri.

O prefeito Mico é figura conhecida no Sul de Minas, tanto pela agitada vida política como pelas denúncias de irregularidades (por exemplo, processo 4008367-06.2003.8.13.0000 no TJMG por desvio de verba pública e utilização indevida de bens e servidores públicos).

Currículo
Iniciou a vida política em 1993 como vereador mais votado, cumpriu dois mandatos consecutivos de prefeito de 1997 a 2000 e 2001 a 2004 e outro em 2009 (atual). Presidiu a AMAG, é membro da AMM, do COPAM, presidente do Circuito Turístico Montanhas Mágicas e do Consórcio de Saúde, membro efetivo da Associação Trem Mineiro, entre outros destaques.

(fontes: Noticiarama, Correio do Papagaio, ALMG, TJMG e outros)


%d blogueiros gostam disto: