Tracking atual: Serra 53%, Dilma 47%

by

Serra já ultrapassa Dilma

O tracking interno dos partidos, que acompanha a evolução real das intenções de voto diariamente, pulou ontem para 53% para Serra e 47% para Dilma. As pesquisas do PT para esta semana, já se suspeita, mostrarão o contrário.

Felizmente, como se viu no 1º turno, o que vale é o resultado da urna, e lá fica mais difícil para o PT enganar nos números.

Parindo abortos

De tão acostumada a aumentar as estatísticas, Dilma chegou ao limite do absurdo na entrevista de ontem ao Jornal Nacional da TV Globo: afirmou que no Brasil são feitos por ano 3,5 milhões de abortos clandestinos (que ela pretende legalizar).

Os assessores esqueceram de avisar a ela que no Brasil nascem 2,7 milhões de crianças por ano. Ou seja: pelas contas alucinadas da petista, são quase dois abortos para cada nascimento. Nesse ritmo, daqui a pouco teremos que importar mulheres grávidas para manter a estatística.

O PT em cadeira de rodas

Oscar Niemeyer, comunista da velha guarda, é o retrato do PT atual

A imagem do comunista Oscar Niemeyer chegando ontem ao evento dos “artistas” para Dilma, no Rio, é a melhor imagem do PT de hoje. Velho e sem o brilho dos bons tempos. Zeca Pagodinho não foi. Banda de rock, dupla sertaneja? Também não.

A reunião, pela avançada idade dos seus participantes, foi chamado de “Bailão do INSS” pelos cariocas gozadores. Veja quem compareceu: Marilena Chaui, Emir Sader, Leonardo Boff, Elba Ramalho, Alceu Valença, Sergio Mamberti, Paulo Betti, Chico Buarque, Alcione, Antonio Pitanga, Beth Carvalho e militantes.

Quem não deve, não teme

O engenheiro Paulo Souza, acusado pela Dilma de ter roubado R$4 milhões da campanha do Serra, entrou com uma ação judicial por calúnia e difamação. Ao saber disso, o deputado petista Antonio Mentor (PT), que inventou a história, já tirou o dele da reta: “Acho que minhas declarações foram mal interpretadas”, se desculpou ele ontem aos jornalistas.

Dilma, o PT, e as revistas IstoÉ e Carta Capital também estão sendo processadas pelo engenheiro, que poderá receber uma fortuna de indenização.

Petrobras e BB pagam propaganda da Dilma

Proibida de circular pela Justiça Eleitoral por fazer propaganda da campanha de Dilma, a edição deste mês da “Revista do Brasil”, editada pela CUT, foi patrocinada pela Petrobras e Banco do Brasil. Pela lei, nem sindicatos nem empresas públicas podem se meter com campanhas políticas.

Ontem, o ministro do TSE determinou a interrupção da circulação da revista, cuja tiragem é de 360 mil exemplares mensais, mas a CUT não cumpriu a ordem judicial, alegando que todas as revistas já foram distribuídas.

Avião da Dilma está quebrado há 2 meses

Apresentado no debate por Dilma como uma revolução nos modos de patrulhar fronteiras, o único Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado) no Brasil está parado em Foz de Iguaçu. O aparelho não voa há mais de dois meses e os equipamentos ópticos usados para captar imagens estão desmontados.

Nossas fronteiras, como mostrado por Serra, estão mesmo abertas aos traficantes, contrabandistas e assaltantes. Como sempre, Dilma mente.

Mexeu com ele, mexeu comigo

O jornal O Globo publica hoje uma matéria sobre as íntimas ligações entre a candidata Dilma Rousseff (PT) e o diretor da Eletrobrás Valter Cardeal, investigado por corrupção. Embora Dilma afirme que “é contra” a colocação de amigos e parentes no governo, foi ela quem levou o sujeito para Brasília. Por isso o defendeu tanto no último debate.

Dilma e Cardeal são amigos desde 1991, quando ocuparam cargos no governo estadual gaúcho. A Erenice Guerra também é da mesma patota. Assessores do ministério costumam dizer que Cardeal é o braço direito de Dilma, e Erenice, o esquerdo.


%d blogueiros gostam disto: